«

»

mar 23 2016

exupery

Imprimir Post

Ato Contra a Violência à População em Situação de Rua – 02 de Abril

CartazAtoPopRua2016

No dia 02 de Abril, sábado, acontecerá o grande Ato Politico da População em Situação de Rua contra a violência policial, sofrida por este segmento, nas ruas de Campinas. Essa atividade é um manifesto de repúdio às ações de violência geradas pela Polícia Militar do Estado de São Paulo e a Guarda Municipal de Campinas, dentre outras violações que há anos tem sido recorrentes a essa população. Seu alto grau de vulnerabilidade social a coloca dentre os segmentos que mais sofrem com violação de direitos humanos previstos pela constituição federal.

A previsão é de CONCENTRAÇÃO a partir das 8h na Estação Cultura, CAMINHADA pela Rua Treze de Maio, às 9h30 e nova CONCENTRAÇÃO e TÉRMINO na praça da Catedral de Campinas., às 10h, com apresentação de intervenções culturais e Aula Pública sobre violência com defensores dos direitos humanos, reafirmando a importância da luta pela efetivação dos direitos da população em situação de rua.

A atividade está sendo organizada pelo Fórum da População em Situação de Rua, Conselho Municipal de Direitos Humanos de Campinas, Defensoria Pública do Estado de São Paulo, Comissão de Visibilidade da População em Situação de Rua e Anistia Internacional.

Sobre a Comissão de Visibilidade:

A Comissão de Visibilidade à População em Situação de Rua é um coletivo de construção participativa da população em situação de rua e múltiplos agentes sociais do poder público e sociedade civil deliberada no Fórum da População em Situação de Rua, espaço de controle social. A proposta de sua construção surgiu da constatação de uma visibilidade social que legitima a discriminação e violência física, moral, politica, econômica e social, sofrida por essa população , por ações da sociedade, do poder público e meios jornalísticos, sustentando a permanente violação dos direitos humanos e ou naturalização da violência.. Esse coletivo pretende possibilitar a construção de um novo diálogo entre esse segmento da cidade de Campinas e os demais atores da sociedade civil. Tendo a população em situação de rua como protagonista e autônoma em demonstrar à sociedade em geral por que está ali e o quais suas reais necessidades , interesses e desejos. Acreditamos que alcançar este objetivo é um passo transformador, para a sociedade, Serviços públicos, Conselhos Gestores de Políticas Publicas e os Órgãos de Defesa dos direitos humanos e Serviços na qualificação das politicas púbicas destinadas a este segmento.

 

Link permanente para este artigo: http://midialivrevaijao.art.br/ato-contra-a-violencia-a-populacao-em-situacao-de-rua-02-de-abril/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

ChatClick here to chat!+